quinta-feira, 8 de junho de 2017

Decisões

Continuo na saga do quarto. A pintura das paredes anda lenta: comecei pelos recortes em volta de rodapés, portas, janelas e sancas, o que não rende muito.

Por outro lado, tenho adiantado bastante a escolha dos materiais que vamos usar. Mas não é toda escolha que é óbvia e fácil, e por isso no momento estamos na indecisão entre alguns itens da nossa lista.

Para vocês entenderem (e opinarem, se quiserem) vou usar a mesma foto do post anterior. Nosso dilema começa na parede 01, onde eu tinha a cômoda e as prateleiras, devidamente desmontadas a esta altura.


Se os planos não mudarem, penso em colocar nossa torre de madeira (para roupas de cama/banho) à esquerda e algumas peças decorativas à direita. Achei que a parede ficaria ótima com algum tipo de trabalho em madeira, e atualmente estamos tentando decidir entre duas possibilidades.

As linhas horizontais do shiplap...


... ou as linhas verticais do board and batten.


Já tenho um "quase" favorito, que está vencendo só uma pequena margem. De qual vocês gostam mais?

A outra questão é para a parede 02 (ver foto). Fica lá atrás, onde vamos ter a ilha. Eu gostava das prateleiras que eu tinha, mas com a cômoda no centro do closet eu não vou poder manter aquela disposição. No final de semana eu fiz três protótipos de prateleiras de papel, colei na parede e já escolhemos um modelo. Mas o acabamento está sendo outro drama... Escura, como vários elementos que nós já temos no quarto (arandelas, luminária de piso, banco no pé da cama, mesa lateral)...


... ou estrutura ouro velho com prateleiras brancas?

Essa cozinha é maravilhosa, mas tentem pensar só nas cores das prateleiras!

Este impasse está sendo mais difícil de resolver. Se fosse só pela prateleira como uma peça avulsa, sem pensar na composição com o quarto, ficaria com a segunda opção. Tão sofisticada! Mas tenho que pensar no conjunto, e a versão escura daria o contraste que eu preciso no closet (o que eu considero muito importante, porque os outros acabamentos são claros), além de fazer uma ligação com os outros elementos que já temos com esse mesmo acabamento.

Provavelmente uma decisão que eu vou tomar mais tarde, quando o quarto estiver mais definido.

E por último, porém não menos importante, são os têxteis. No meu moodboard do post passado considerei um tecido estampado, chamado mudcloth. Gosto desses geométricos meio rústicos, artesanais. 



E, em um caminho completamente diferente (apesar de também serem rústicas), essas capas com amarração lateral e um tecido estampado aparecendo por baixo. Tão aconchegantes!


E é aqui que estamos no momento. Nada muito emocionante aconteceu até agora, mas essas etapas fazem parte do processo. Espero que em breve o quarto esteja todo pintado, assim eu posso passar para atividades mais interessantes (e com menos bagunça!). 

O que vocês acham de tudo isso? Têm seus preferidos para cada questão? Fiquem à vontade para opinar!

terça-feira, 30 de maio de 2017

Hoje o Projeto é Pra Mim


Esse aqui é o nosso quarto. Lembram dele? Pois é... o post de hoje não é para mostrar como ele está, mas para dizer que ele vai mudar

Não vou quebrar paredes, nem trocar móveis e ainda pretendo comprar poucos itens, mas isso não quer dizer que as coisas serão monótonas. Minha idéia é que o ambiente fique completamente renovado, com um ar bem diferente, mas com uma abordagem bem pé-no-chão (ainda mais em tempos de crise). 

Algumas coisas ainda estão meio no ar, mas espero que conforme o trabalho vá andando as soluções comecem a aparecer. Só pra deixar claro, essas não são exatamente as peças que eu vou usar, mas uma referência do estilo. Deixando o blá blá blá de lado, esse é meu moodboard para o quarto:


Como vocês devem ter percebido, a cor é a primeira grande mudança. Talvez até a mais importante para o clima que eu quero dar. Atualmente a parede tem um azul bem suave - que é lindo - mas muito limitante até para comprar uma colcha nova.

Outra questão importante é que a cômoda branca vai ser convertida em ilha lá perto dos armários, e eu achei que essa imensidão só de branco e azul clarinho, quase sem contraste, não iria funcionar (ainda mais porque nós já vimos um tapete que nos agradou, e ele também é claro). Não vou escurecer as paredes, só deixar uma base mais neutra, e depois jogar tons mais saturados e sóbrios no projeto.

Esta foto não está das melhores, porque tirei correndo só para explicar o que quero fazer. Mas, nesta parede onde hoje temos a cômoda, quero colocar nossa torre de madeira, onde guardamos as roupas de cama e banho. Hoje ela está na parede oposta (atrás da câmera, e por isso não saiu na foto). 


Eu amei essa cômoda quando foi comprada, mas troquei os puxadores, que eram horrorosos, fora de escala e davam a ela um ar bem desajeitado. Adoro os atuais.


Aqui perto da cabeceira a mudança vai ser a cor da parede e, mais tarde, a roupa de cama. Tirei estas foto só como referência para o "antes e depois". Adoro o espelho e as arandelas e eles vão continuar por aí.

O lado dele

O meu lado

Gosto dos enfeites da prateleira. Vou usar de um jeito diferente, mas serão os mesmos.



É isso por hoje. Como são apenas minhas intenções, elas podem mudar conforme o projeto avança. Mas acho que já deu para sentir qual o caminho que eu pretendo seguir, certo? Ah, deixo vocês à vontade para opiniões/críticas/sugestões. 

Tenham uma boa semana!

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Casa Linda para Começar a Semana!


Depois de alguns meses com a rotina bem alterada, esta semana começamos a colocar as coisas em ordem em casa. Aquela lista de coisas para fazer, que por um tempo ficou em dia (ou quase), está cheia de novo. Bastou um pouquinho de tempo para que eu já começasse a acumular mil idéias novas.

Posso dizer que a que me anima mais é para o quarto, mas o projeto ainda tem um longo caminho pela frente. Quero ter tudo definido quando começar, para deixar tudo mais fácil e rápido de fazer. Enquanto isso, quero mostrar para vocês a casa que encontrei esta semana.

A sala não é temática, mas os detalhes em azul me lembram um ambiente de praia. Na primeira foto aparece a porta de entrada, mas neste mesmo ambiente ficam as portas que dão acesso ao quintal.



A estante foi amor à primeira vista, e é uma das primeiras coisas que se vê quando se entra na casa. O pufe é maravilhoso... estou bem interessada nesse tipo de tecido e nas técnicas para conseguir o tingimento (chama-se shibori). Arrisco dizer que vou passar algumas tardes em casa fazendo algumas tentativas.



A decoração da sala, segundo a matéria, teve inspiração no trabalho do italiano Michele Bonan, que eu também adoro e mostrei tantas vezes por aqui. 



Cozinha e banheiros foram totalmente reformados, porque ainda eram originais da década de 50.



O quarto do casal foi totalmente copiado do cômodo que apareceu nesta matéria (é verdade, eles realmente dizem que não foi inspiração, mas cópia).




Este é o quarto de hóspedes, bem diferente do principal, claro e mais casual. Gosto demais do tecido da colcha, mas tiraria urgentemente o revestimento de oncinha do banco no pé da cama! No conjunto ele funciona bem, mas como peça individual ele não me agrada!



Adorei os detalhes do banheiro. Essa cortina do box é linda!



Não postei todas as fotos da matéria aqui, só as minhas preferidas. Para as restantes, recomendo este link de One King's Lane.

Tenham uma ótima semana!

Suspirando por esta foto depois de tantos dias de chuva em Curitiba!
Related Posts with Thumbnails